Quase 80% do comércio de BH não vai contratar para o fim do ano, revela CDL/BH


Os cinco meses de comércio fechado em Belo Horizonte vão refletir diretamente nas contratações temporárias de fim de ano na capital. Pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) revela que quase 80% dos comerciantes não pretendem contratar mão de obra extra para atender às demandas da temporada. “Essa diminuição é consequência da paralisação das atividades comerciais durante a pandemia. Mesmo com a reabertura das lojas, ainda não é suficiente para alavancar, de forma significativa, a confiança dos empresários a ponto de contratar”, avalia o presidente em exercício da CDL/BH, José Angelo de Melo. A pesquisa foi realizada pela entidade entre os dias 13 e 22 de outubro. Foram ouvidos 211 comerciantes.
 
Para o ano de 2020, apenas 18% dos lojistas entrevistados afirmam que irão contratar, já 79,6% não vão aumentar o quadro de funcionários. Ao comparar a intenção de contratação com o ano anterior, observa-se, aproximadamente, uma queda de 34,3%.  
 
Dentre os principais motivos alegados pelos lojistas para a não contratação estão: quadro atual de pessoal atende a demanda (39,3%), queda nas vendas (32,7%), pandemia (17,3%).
 
A possibilidade de efetivação desses novos funcionários é considerada pelos comerciantes: muito alta (10,5%), alta (39,5%0, baixa (28,9%) e muito baixa (21,1%). As principais vagas ofertadas são para os cargos de vendedor (73,7%), caixa (31,6%), fiscal/vigia (21,1%) e atendente (15,8%).
 
De acordo com os lojistas entrevistados, as principais dificuldades para contratação de funcionários temporários são “falta de profissionalismo e responsabilidade dos funcionários” (55,3%) e “pouca experiência dos candidatos” (21,1%). Os custos representam 5,3%. Já 7,9% afirmam não ter nenhuma dificuldade para contratação.
 
Pela pesquisa, é possível observar que os lojistas que irão investir mais em contratações temporárias estão, respectivamente, nas regionais: Centro-Sul (31,4%), Barreiro (29,6%), Oeste (29,4%), Pampulha (13,3%), Leste (10,5%), Nordeste (9,7%), Venda Nova (5,6%) e Nordeste (5%).
 
Confira no link abaixo a pesquisa completa: 

Notícias Recentes

CDL/BH solicita à Prefeitura reativação de leitos destinados ao tratamento da Covid -19
26/02/2021 - Apoio ao Comércio
Desde o anúncio da nova reabertura do comércio, que ocorreu no início deste mês de fevereiro, a entidade solicitou à Prefeitura que mantivesse todos os leitos abertos em virtude da possibilidade de um novo avanço da doença.
Pesquisa da CDL/BH que revela diminuição da confiança dos belo-horizontinos na economia é destaque na imprensa
26/02/2021 -
Confira no clipping as principais notícias desta sexta-feira, dia 26 de fevereiro

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Cliente Espião Saiba qual a percepção os clientes têm da sua loja
Consultas Confirme os dados cadastrais e a análise de crédito de consumidores, empresas e grupos econômicos de todo o país
Enriquecimento de Banco de Dados É um tratamento feito na sua base de dados para atualizar as informações e eliminar os registros incorretos ou duplicados.

... Carregando...