O problema não é o comércio. São as festas clandestinas e aglomerações em espaços públicos e ônibus lotados


12 de março de 2021 – A entrevista de hoje, 12 de março, da Prefeitura de Belo Horizonte somente reforça aquilo que já estamos falando há muito tempo: o fechamento do comércio não é solução para conter o avanço da doença. Desde o ano passado já está notório que o principal problema são as festas clandestinas e as aglomerações nos ônibus lotados e em espaços públicos, casos em que a Prefeitura não está tendo a competência para fiscalizar. Lamentavelmente, a Prefeitura impõe mais sacrifícios ao comércio mesmo reconhecendo que esse fechamento não está aumentando o índice de isolamento social na cidade.

Notícias Recentes

Aprovação dos comerciantes sobre realização do Dia Livre de Impostos é destaque na mídia
18/06/2021 -
Fique por dentro das notícias desta sexta-feira, dia 18 de junho
6 ideias para tornar o negócio mais sustentável
17/06/2021 - Apoio ao Comércio
"Comércio de rua de BH registra melhora"
17/06/2021 -
Leia esta e outras notícias no clipping desta quinta-feira, dia 17 de junho

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Score Saiba qual a probabilidade do consumidor tornar-se inadimplente nos próximos 3 ou 12 meses.
Compra de Mailing São listas personalizadas e segmentadas de acordo com perfil desejado para suas campanhas de marketing e outras finalidades
Score de Recuperação Saiba qual a probabilidade de seus clientes inadimplentes pagarem a dívida

... Carregando...