Nota da CDL/BH: restabelecendo a verdade

Apoio ao Comércio

Nesta quinta-feira, 2 de julho, o Prefeito Alexandre Kalil publicou em suas redes sociais um vídeo afirmando que o presidente da CDL/BH, Marcelo de Souza e Silva, teria dito que no caso do fechamento do comércio a “culpa não é da prefeitura”. Isso não é verdade. Pelo contrário, Marcelo foi enfático ao dizer que o novo fechamento do comércio determinado pelo prefeito na sexta-feira passada, dia 26, foi provocado por dois fatores de responsabilidade direta da prefeitura: a falta de leitos de UTI e enfermaria para tratamento da doença. 
 
De acordo com Marcelo, “caso a prefeitura de Belo Horizonte tivesse aberto os novos leitos prometidos no dia 29 de maio – somente lembrando, o Secretário de Saúde afirmou que já estava pactuado com os hospitais a ampliação dos leitos de UTI de 220 para 729 e os leitos de enfermaria de 647 para 1752 - na sexta-feira, 26 de junho, teríamos 34,5% de ocupação nos leitos de UTI, em vez de 85%. E 30% nos de enfermaria, em vez dos 69% registrados na sexta-feira. O que o prefeito falou e realmente é verdade é que eu disse que a “culpa não é do comércio”.

Notícias Recentes

Enviado pela CDL/BH, documento que pode a manutenção da abertura do comércio em BH continua em destaque no clipping de hoje
10/08/2020 - CDL na Mídia
Leia as notícias com maior repercussão na mídia nesta segunda-feira, 10 de agosto
Saiba tudo sobre o tema: A retomada do varejo da moda
10/08/2020 - Apoio ao Comércio
Programa Conecta Mente abordará tema na próxima quarta-feira, 12, com a diretora de Marketing da Marisa, Andréa Sanches.

Notícias mais Populares

Vistas
Recomendadas
Compartilhadas

Seja um Associado »

Nossos Produtos

Assistência ao Consumidor Assessoria gratuita nas relações entre consumidor e lojista
Consultas Confirme os dados cadastrais e a análise de crédito de consumidores, empresas e grupos econômicos de todo o país
Garantia de Cheques A análise de crédito mais completa do mercado para você vender com segurança

... Carregando...